Governo vai mudar marco legal e protocolos para lidar com eventos climáticos extremos

0
72

Depois da tragédia climática no litoral norte paulista, o governo Lula vai propor mudanças no marco legal e nos protocolos para enfrentar eventos climáticos extremos.

O objetivo é definir novas regras de prevenção e, também, de enfrentamentos destas tragédias, principalmente no alerta para garantir a saída antecipada da população destes locais.

A ministra do Meio Ambiente, Marina Silva, esteve nos últimos dias em São Paulo para discutir com o governador de São Paulo, Tarcísio Gomes de Freitas, medidas de prevenção de extremos climáticos.

Segundo ela, o governo Lula vai propor essas mudanças porque as regras atuais não estão atualizadas para lidar com uma nova era de mudanças no clima.

“Não adianta ficar repetindo o modelo em vigor, porque os eventos extremos demandam uma nova forma de lidar com eles, porque não vão parar, vão acontecer, como estão acontecendo, com maior regularidade”, afirmou a ministra Marina Silva.

A equipe do presidente Lula avalia que, além do atendimento emergencial, o governo precisa também atuar com estados e municípios de áreas de risco para melhorar e modernizar os sistemas de alertas.

Os avisos das chuvas intensas no litoral paulista foram feitos, mas não chegaram até a população da região de forma eficaz.

Os relatos de moradores indicam que a maioria não foi avisada que as chuvas seriam totalmente fora do padrão e geravam o risco de desabamentos e inundações.

Leave a reply